4 estratégias para gerar Leads de altíssima qualidade pelas Redes Sociais – De Neil Patel

Tempo de leitura: 3 minutos

4 estratégias para gerar Leads de altíssima qualidade pelas Redes Sociais – De Neil Patel
Avalie este artigo

Leads de alta qualidade são a espinha dorsal de qualquer negócio próspero. Você pode ter todo o tráfego pago que quiser, mas a menos que você esteja disposto a atrair novos clientes da maneira certa para comprar o que você está vendendo, você terá sérias dificuldades em gerar o lucro que necessita.

Como as várias redes sociais continuam dominando o mundo do marketing na internet, elas também estão dominando a geração de leads e são de longe uma das melhores maneiras de ter um fluxo constante de clientes clicando em seu site em uma base consistente.

Então, como você faz isso? Vou lhe mostrar em alguns passos:

Selecione o canal certo de redes sociais

Antes de começar com táticas e estratégias específicas que possam te levar a obter toneladas de novos leads em seu Funil de Vendas, se certifique que está utilizando o canal ideal para seu negócio.

Por exemplo, se você olhar para comerciantes no E-Commerce (melhor tradução para b2b, business to business), 44 por cento desses responderam a uma pesquisa que geraram leads pelo LinkedIn, 39 por cento via Facebook e 30 via Twitter.

Gerar Leads pelo LinkedIn

Como o LinkedIn é a plataforma que mais gera leads via E-Commerce, é um meio bem natural para iniciar. Devido à recente aquisição feita pela Microsoft, o LinkedIn tem atraído cada vez mais profissionais estão se conectando à plataforma.

E isso faz sentido: O site, ao contrário do Twitter ou Facebook, é feito para profissionais e proprietários de negócios se conectarem. Já o Facebook e Twitter são feitos para qualquer um conectado à uma rede Wi-fi.

CTA ebook ofertas geração de leads

Se conectar diretamente com Leads em potencial, e oferecer amostras grátis (versão demo)

Uma das partes mais difíceis no marketing “Empresa para Empresa” é que você frequentemente ter que passar por “gatekeepers” (vender de tudo o tempo todo, traduzindo) cujo trabalho é manter pessoas como você longe do patrão.

O LinkIn pode te ajudar com esse problema. Ele permite você passe ileso pela cova do leão. Apenas se certifique que você tem uma amostra de alta qualidade ou apresentação pronta para mostrar quando chegar lá.

Gerar Leads via Facebook

Deixe-me ser direto com você. Se você quer gerar Leads com o Facebook, é provável que chegará em um ponto que você terá que investir em uma campanha. Para sua sorte, o Facebook ads custa menos da metade do preço por clique ($0.80) comparado ao Adwords ($2.50).

Então, se você tem o capital, aqui está alguns meios de aumentar a geração de leads pelo Facebook.

Use sua página do Facebook como uma página de vendas. Um dos maiores erros que vejo muitos empresários fazerem e não colocarem muita seriedade em suas páginas do Facebook. A navegação é baixa, não há nenhum “call to action” e de maneira alguma irá gerar leads. Mas, entretando, eles — e você — necessitam tratar sua página do Facebook como uma gigantesca página de vendas ou site. Use um “call to action” simples, atualize seu feed de notícias regularmente e utilize fotos de alta qualidade, fotos profissionais.

Realizar sorteios. Pessoas amam coisas de graça, então esse é um dos melhores meios de gerar leads pelo Facebook. Dependendo do seu ramo, você pode sortear um livro, ou uma aula grátis. Qualquer coisa que faça as pessoas se sentirem felizes e satisfeitas em colocar seu nome e e-mail e seja direcionado para sua página de vendas com uma CTA, irá te ajudar, e muito.

Transmissões ao vivo. Através de uma Live você tem um contato melhor com sua audiência, e se você colocar links para sua página de vendas, a partir dessa opção você valoriza muito seu conteúdo sem fazer um anúncio direto.

Conclusão

Gerar leads pelas redes sociais pode ser um erro ou acerto, mas quando você usar as táticas acima, mais leads serão gerados, e o mais importante, leads de alta qualidade, em todos os seus perfis em redes sociais.

Para ler o artigo em inglês, clique aqui.

Traduzido e revisado por Daniel Mota.